Você já ouviu falar na escala de Bristol?

Se você já fez acompanhamento nutricional, muito provavelmente já  foi  questionado sobre  suas  fezes, e foi necessário que você falasse sobre a consistência, cor, cheiro e frequência das suas evacuações. É possível que, para isso, sua nutricionista tenha pedido para que você apontasse uma imagem de 1 a 7, que constituem a escala de Bristol.

Se, no entanto, nunca foi questionado sobre esse detalhe, quero explicar a você um pouco sobre o que a evacuação pode dizer sobre sua saúde. Algumas consistências, formatos e até frequências evacuatórias são considerados indicativos importantes de distúrbios gastrointestinais decorrentes de doenças como, por exemplo, a síndrome do intestino irritável, constipação intestinal (prisão de ventre), disbiose (desequilíbrio das bactérias do intestino) e doenças inflamatórias intestinais (Crohn, Colite Ulcerativa ou outras).

O que a Escala de Bristol Representa?

A Escala de Bristol apresenta ilustrativamente 7 tipos de formatos de fezes, que indicam a velocidade do seu trânsito intestinal. Essa escala é um método de alta confiabilidade para informar como anda a saúde do seu intestino.

Veja no quadro abaixo os 7 tipos que constam na escala, e identifique o seu para ver como esta o seu transito intestinal.

Escala de Bristol

Análise da Escala de Bristol:

Tipo 1 e 2:  Indica quadro de constipação,  ou  seja, transito lento. Informa que há falta de água e baixo consumo de fibras: vale a pena ficar de olho na alimentação.  

Tipo 3 e 4: O 3 mostra um intestino mais lento por apresentar algumas rachaduras, mas que pode, sim, ser considerado normal. O tipo 4 é o ideal.

Tipo 5: É um trânsito mais acelerado, que pode estar relacionado a  uma dieta rica em açúcar e gorduras. 

Tipo 6 e 7: Traz um trânsito ainda mais acelerado,  relacionado a quadros de diarréia. Aqui, é possível que haja um impacto na absorção de nutrientes, principalmente os lipossolúveis.

Uma alimentação rica em frutas, legumes, verduras, cereais integrais e uma boa hidratação são capazes de melhorar a saúde do intestino, e assim melhorar a saúde de  um modo geral.

Agora que você já sabe dessas informações, que tal observar e começar a cuidar mais da saúde intestinal?

Secured By miniOrange