Porque devo beber água: importância de hidratação!

a importancia de se hidratar

Água: Fonte de Tudo

A água é o elemento mais importante e mais abundante na vida humana, cerca de 60-70% do nosso corpo é composto de água e manter-se hidratado é essencial para mantermos em equilíbrio todas as funções do nosso corpo, células e órgãos, sendo imprescindível para nossa saúde e bem-estar.

No nosso organismo, a ingestão de água ajuda na produção de energia pelas células, no transporte de nutrientes, na eliminação de compostos tóxicos, destoxificação, na regulação do nosso intestino, no funcionamento normal dos rins e participa ativamente dos processos de digestão, respiração e circulação do sangue, além de promover a regulação da temperatura corporal.

O que acontece quando não bebemos água suficiente?

Quando falta água no nosso organismo, imediatamente sentimos os sintomas de desidratação: alterações no humor, aumento da fadiga, déficit de atenção, menor capacidade de coordenação motora, cognição e memória. Não é à toa que, quando ficamos muitos dias sem água, podemos falecer dentro de poucos dias.

A ingestão de água é controlada pela sensação de sede, esse estímulo ocorre quando o corpo necessita de mais água para realizar normalmente suas funções, e quando ingerida, é rapidamente absorvida.

Casos específicos podem demandar uma maior ingestão de água, como nos exercícios físicos, podendo até dobrar as nossas necessidades diárias. Mulheres grávidas e amamentando também tem suas necessidades hídricas aumentadas. É sempre bom redobrar os cuidados com os idosos, que geralmente bebem pouca água em vista da diminuição do estímulo e reflexo da sede, gerando a diminuição do consumo e levando a desidratação de forma muito mais rápida do que nos adultos.

Em idosos, isso pode acarretar problemas fisiológicos, que incluem desidratação, alteração do funcionamento intestinal (“intestino preso”), infecções urinárias, insuficiência renal, dores de cabeça, confusão, delírio, aumento da pressão arterial e aumento da temperatura corporal. Já em mulheres grávidas, isso pode dificultar a irrigação sanguínea e diminuir o transporte de nutrientes para o feto, prejudicando a formação e a saúde do bebê. Para as mamães que estão amamentando, a diminuição do consumo de água diminui a produção de leite, comprometendo diretamente a saúde, a nutrição e a imunidade do bebê.

Intoxicação Por Água: Isso Existe Mesmo?

Estudos mostram que intoxicações por água são raras e acontecem quando há ingestão rápida de grande quantidade de água, acima da capacidade renal de eliminação desse excesso que é de 0,7 a 1 L/hora.

Como Calcular A Quantidade Ideal De Água Para Mim?

Para calcular qual é sua necessidade hídrica, basta multiplicar o seu peso por 0,35.

Exemplo: Peso (70 kg) x 0,35 = 2, 5 litros.

Muito simples, não é?

Portanto, é necessário sempre estar atento ao nosso corpo e se hidratar, tanto no calor, quanto no frio, para termos uma vida mais saudável e manter nosso corpo em equilíbrio.

Referências:

AZEVEDO, P. S., PEREIRA, F. W., PAIVA, S. A. Água, Hidratação e Saúde. Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição. Brasil. http://sban.cloudpainel.com.br/source/Agua-HidrataAAo-e-SaAde_Nestle_.pdf

CARVALHO, Ana Paula Lambrecht; ZANARDO, Vivian Polachini Skzypek. Consumo de água e outros líquidos em adultos e idosos residentes no município de Erechim–Rio Grande do Sul. Revista Perspectiva, v. 34, n. 125, p. 117-26, 2010.

GENARO, Sandra; GOMES, Fernanda Helena Marques; IENAGA, Kátia Kaori. Análise do consumo de água em uma população de idosos. In: Colloquium Vitae. ISSN: 1984-6436. 2015. p. 01-12.

MACHADO-MOREIRA, Christiano Antônio et al. Hidratação durante o exercício: a sede é suficiente?. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, v. 12, p. 405-409, 2006.

PADOVANI, Renata Maria et al. Dietary reference intakes: aplicabilidade das tabelas em estudos nutricionais. Revista de Nutrição, v. 19, p. 741-760, 2006.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!