Como o exame de calorimetria pode influenciar na sua dieta

exame de calorimetria e dieta

O que é o exame de calorimetria?

A calorimetria indireta é um exame que estima a quantidade de calorias diárias que o seu organismo gasta em estado de repouso (a chamada taxa metabólica basal), determinado pelo consumo de oxigênio e a produção de gás carbônico. É considerado um dos melhores métodos para estimar o gasto calórico em repouso.

Como é realizado o exame de calorimetria?

O exame é realizado em um lugar tranquilo, onde o indivíduo permanece sentado ou deitado, em repouso, por cerca de 20 minutos, usando uma máscara facial e respirando normalmente. O exame além de rápido, é fácil e indolor.

Dentre as recomendações antes do exame, estão:

  • Jejum por 4 horas;
  • Não se deve praticar atividades físicas 24 horas antes do exame de calorimetria;
  • O paciente não deve consumir alimentos como café, álcool, chás, refrigerantes, chocolate e energéticos, 48 horas antes do exame.

Como é calculado o quanto de calorias devemos ingerir?

Em geral, o nutricionista calcula suas calorias a partir de fórmulas matemáticas desenvolvidas por diversos pesquisadores, incluindo a Organização Mundial da Saúde, no entanto, esses resultados por serem adequados para a população geral, podem não contemplar as especificidades do indivíduo. Já que, dependendo da rapidez com que o organismo metaboliza o que a pessoa ingere, ela pode necessitar de maior ou menor quantidade de calorias, do que as propostas pelas fórmulas matemáticas.

Os resultados mostram o quanto de calorias devemos ingerir minimamente todos os dias, acrescidos de calorias que vão permitir que as atividades diárias e físicas sejam exercidas com energia, de maneira saudável e com bom desempenho, tornando imprescindível, que o nutricionista faça um plano alimentar adequado, com calorias e quantidades satisfatórias.

Como cada pessoa apresenta suas particularidades, a calorimetria permite identificar um metabolismo mais acelerado ou alguém com dificuldade de perder peso, sendo possível fazer a estratégia alimentar baseada nesse resultado.

Pacientes podem realizar o exame de calorimetria?

O exame também pode ser aplicado para pacientes internados, hospitalizados, e em todas as faixas etárias. O exame em recém-nascidos e idosos, também é altamente benéfico já que o gasto energético de repouso pode estar exercer um forte impacto no desenvolvimento da desnutrição.

Assim, é possível individualizar o plano alimentar, com estratégias nutricionais focadas ao perfil metabólico de cada paciente, auxiliando no alcance ou manutenção dos resultados esperados no tratamento.

Contraindicações do exame de calorimetria:

O exame é contraindicado para pessoas que precisam de algum suporte para respirar ou qualquer outra condição que resulte em hipóxia, bradicardia ou outro efeito adverso, como a queda indesejada da frequência respiratória.

Procure um nutricionista, para saber quais são as ferramentas mais indicadas ou necessárias para ajudar você a alcançar seus objetivos com saúde e segurança.

Referências:

DIENER, J. R. C. Calorimetria indireta. Revista da Associação Médica Brasileira, v. 43, p. 245-253, 1997.

HOSPITAL ALBERT EINSTEIN. Calorimetria. Disponível em: https://www.einstein.br/estrutura/centro-reabilitacao/especialidades/nutricao/calorimetria

KOGLIN, Gabriela. Evolução de crianças e adolescentes com excesso de peso após manejo com dieta ajustada por calorimetria indireta. 2012.SOARES, Fernanda VM et al. Calorimetria indireta: uma ferramenta para adequação das necessidades energéticas dos recém-nascidos de muito baixo peso ao nascer. Jornal de Pediatria, v. 83, p. 567-570, 2007.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!